A imagem mostra contrapostas as capas da edição argentina e da edição brasileira do livro.

Resenha: O Papa Francisco: conversas com Jorge Bergoglio, de Sergio Rubin e Francesca Ambrogetti

Uma entrevista com o “padre Jorge” | Existem pessoas que, mesmo ao se esforçar para o contrário, acabam em evidência diante de determinadas situações históricas e sociais. Essa é uma característica dos grandes líderes. A incomparável nobreza com que vivem e compreendem a vida, fazem com que essas pessoas sejam maiores que seus cargos e seus ideais maiores que a si mesmos. Assim é Jorge Mario Bergoglio, o papa Francisco, personagem retratado na entrevista biográfica publicada pelos argentinos Sergio Rubin e Francesca Ambrogetti.

Pode me chamar de Francisco: Arturo Cardelús e a trilha sonora da série

A trilha sonora da série original Netflix Pode me chamar de Francisco é um dos elementos fílmicos de maior qualidade. É quase impossível não se envolver com a abertura da série nas primeiras notas do violino em solo enquanto passam por nossos olhos as imagens reais do papa intercaladas com cenas da trama. Assim como o tema da abertura, Call me Francis, toda a trilha sonora foi composta por Arturo Cardelús e executada pela Budapest Art Orchestra.

Pode me chamar de Francisco: Os cardeais da série: Aramburu, Quarracino e Bergoglio

A série original Netflix Pode me chamar de Francisco sobre a vida do primeiro papa latino americano apresenta em sua trama três cardeais. São os arcebispos de Buenos Aires Juan Carlos Aramburu, Antonio Quarracino e Jorge Mario Bergoglio, o protagonista da série. Durante as cenas do Conclave outros cardeais também aparecem, mas são apenas figurantes na história.

A imagem mostra na primeira parte o Papa Francisco sorrindo com a mão direita no queixo. Acima da foto está escrito o nome do autor "Leonardo Boff". E abaixo está escrito "Francisco de Assis Francisco de Roma Um nova primavera na Igreja?". No outro lado, à direita, uma ilustração com São Francisco de Assis ao lado de uma pomba branca e com uma maçã na mãos esquerda. Ao fundo casas e um árvore florida. Acima da ilustração está escrito "Leonardo Boff". E abaixo está escrito "Francisco de Assis Francisco de Roma Um nova primavera na Igreja?".

Resenha: Francisco de Assis e Francisco de Roma: uma nova primavera na Igreja?, de Leonardo Boff

As ideias de um teólogo renegado | A eleição de Jorge Bergoglio como papa e a escolha do nome de Francisco motivou o controverso e renegado teólogo brasileiro Leonardo Boff a escrever mais uma vez sobre a Igreja Católica. De notória capacidade intelectual, Boff liderou a chamada Teologia da Libertação, vertente teológica muito difundida na América Latina nas décadas de 1970 e 1980. Como padre e religioso pediu afastamento em 1992, prestes a receber outra advertência pública da Congregação da Doutrina da Fé, deixando a Ordem dos Frades Menores (Franciscanos). Por isso, apesar de toda a polêmica envolvendo sua trajetória, Boff é alguém interessante a se ouvir quando sobre ao trono de Pedro um bispo latino-americano, que escolhe o nome de Francisco e, assim como ele, teve formação teológica em escolas alemãs.

A foto mostra o Papa sentado de costas observando abaixo os jovens da Jornada Mundial da Juventude com a bandeira de diversos países e mais ao fundo a multidão que participa da cerimônia de acolhida. Em baixo uma faixa em branco com as logos da JMJ e do Olhar Vaticano e com as mensagens: "#OLHARPANAMA2019" em vermelho e logo abaixo em azul "22 a 27 de janeiro"

JMJ Panamá 2019: Jovens como mestres e artesãos da Cultura do Encontro

Em um clima festivo, os jovens no Panamá foram os protagonistas da Cerimônia de acolhida do Papa Francisco, no Campo Santa Maria la Antigua, palco da abertura oficial da Jornada Mundial da Juventude. Entre os ícones da JMJ, apresentações culturais e as saudações dos jovens, o Santo Padre deixou suas alegres palavras de fé e … Continue lendo JMJ Panamá 2019: Jovens como mestres e artesãos da Cultura do Encontro

A foto tem o arcebispo do Panamá José Domingos Ulloa no centro rodeado por bispos e sacerdotes ao final da missa de abertura da jornada. Em baixo uma faixa em branco com as logos da JMJ e do Olhar Vaticano e com as mensagens: "#OLHARPANAMA2019" em vermelho e logo abaixo em azul "22 a 27 de janeiro"

JMJ Panamá 2019: Uma jornada para a juventude das periferias existenciais e geográficas

A Jornada Mundial da Juventude 2019 (JMJ) já começou no Panamá. No início da noite desta terça-feira (22), Dom José Domingo Ulloa Mendieta, Arcebispo do Panamá, presidiu a Santa Missa de abertura do evento no Campo Santa Maria la Antigua, na capital panamenha. Em sua entusiasmada homilia, Dom Ulloa agradeceu o Papa Francisco "por confiar e … Continue lendo JMJ Panamá 2019: Uma jornada para a juventude das periferias existenciais e geográficas

Resenha: Pode me chamar de Francisco, série Original Netflix

COMO SE FORJA UM PAPA FORTE | “Pode me chamar de Jorge”, diz o protagonista da série à uma jovem grávida, após ser apresentado como cardeal arcebispo de Buenos Aires no último episódio da série. Assim era Bergoglio em sua Arquidiocese, gostava de ser chamado pelo nome ou por “padre”. Hoje, como papa prefere ser … Continue lendo Resenha: Pode me chamar de Francisco, série Original Netflix