Sínodo Pan-Amazônico é o novo desafio de Francisco para a condução da Igreja

Dono de grande carisma, o Papa Francisco parece passar pela sua primeira crise de imagem popular. O Sínodo Pan-Amazônico atrai a atenção dos católicos sobre o tema e deixa o Pontífice em maus lençóis. Instigados pelas redes sociais que levaram Bolsonaro ao Palácio do Planalto, os fiéis brasileiros passaram a enxergar o encontro sinodal como um evento político.

Continuação: Entrevista com Dom Frei Severino Clasen, bispo da Diocese de Caçador

Um olhar em defesa da CNBB, das reformas de Francisco e da criação de novas dioceses | Neste segundo trecho da entrevista Dom Frei Severino Clasen defende a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e aponta como heréticos os grupos que não estão em comunhão com a Igreja. O bispo de Caçador também falou sobre a polêmica da acusação de ter feito campanha para o candidato Fernando Haddad (PT) em 2018. O Papa Francisco e a criação de mais duas dioceses e arquidioceses em Santa Catarina também estiveram em pauta.

Continuação: Entrevista com Dom Guilherme Werlang, bispo de Lages

Um olhar sobre sobre os pontificados de João Paulo, Bento e Francisco e a Reforma na Igreja | Os Santos Padres e a reforma da Cúria Romana e da Igreja são os assuntos da segunda parte da entrevista com dom Guilherme Antônio Werlang. Neste trecho, o bispo de Lages apresenta a continuação do Magistério da Igreja e dos preceitos do Concílio Vaticano II através dos pontificados de São João Paulo II, Bento XVI e Francisco. Dom Guilherme também fala da necessidade e importância da reforma da Cúria, de sua continuidade e da formação dos sacerdotes.