Pode me chamar de Francisco: o Papa é da Teologia da Libertação?

Muitos apontam o Papa Francisco como defensor ou correligionário de várias correntes ou ideologias. Por má fé, ou desconhecimento não é difícil achar termos como: Bergoglio Comunista, Papa Soviético, Francisco de Esquerda, Papa da Teologia da Libertação e muitos outros. Alguns ousam chamar o Pontífice de herege e até de anti-papa. No entanto, o que parece ser um consenso entre os especialistas e teólogos, é que Francisco é um Papa dos Pobres alicerçado pela chamada Teologia do Povo.

Francisco no Japão: Papa visita Hiroshima e Nagasaki, cidades vítimas da bomba atômica

O Papa Francisco deixou a Tailândia e neste domingo (24) visitou as duas cidades japonesas vitimadas com a bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial. Em Nagasaki, o Santo Padre lembrou os ataques e os mártires no Parque da Bomba Atômica Hypocenter e no Monumento dos Mártires - Nishizaka Hill. Já no Estádio de Baseball, presidiu uma missa. Antes do fim do dia, o Pontífice esteve em Hiroshima e promoveu um encontro pela paz no Memorial da Paz.

Francisco na Tailândia: é tempo de imaginar a lógica do encontro e do diálogo

O Papa Francisco está no quarto dia de sua Viagem Apostólico na Ásia. Nesta sexta-feira (22), o Santo Padre cumpriu sua agenda em Bangcoc, capital da Tailândia. O dia foi marcado por encontro com líderes religiosos católicos e de outras igrejas e religiões, um evento privado com os jesuítas e encerrou com a missa aos jovens na Catedral da Assunção.

Principais pontos do Documento Final do Sínodo da Amazônia

Em meio a todas polêmicas e movimentos de apoio e protestos, o Sínodo Pan-Amazônico chegou ao fim em 27 de outubro, no Vaticano. O encontro reuniu cardeais, bispos, padres, religiosos, religiosas e especialistas com o Papa Francisco para debaterem sobre a atuação da Igreja Católica na região. O Documento Final do Sínodo da Amazônia confirmou diversas ideias levantadas pela Instrumento de Trabalho. Entre elas se destaca a possibilidade de um novo ministério para celebrar a eucaristia e da criação de um rito amazônico; o protagonismo feminino; e os esforços de ecumenismo e diálogo interreligioso.